Blog Espaço Cheng

Saiba um pouco mais sobre saúde e a filosofia da medicina chinesa.

Cogumelo do Sol (Agaricius blazei)

Cogumelo do Sol (Agaricius blazei)

Este cogumelo é nativo da região de Piedade, localizada no interior de São Paulo. Onde em meados dos anos 60, um grupo de pesquisadores da Universidade do Estado da Pensilvânia, chegaram, motivados pela longevidade da população local. Depois de meses de estudos, confirmaram que a população consumia regularmente esta espécie de cogumelo, e concluíram assim, ser o hábito alimentar da população o fator que contribuía para o aumento da longevidade.

Outros pesquisadores do Japão do Departamento de Farmacologia da Universidade de Tókio e do Câncer Center, desde 1980 veem realizando e relatando estudos nos Congressos Anuais – Japan Câncer Association.

Neste cogumelo é encontrado o polissacarídeo Beta-Glucano, que tem como principal propriedade estimular a atividade das células de defesa do organismo que ajudam no controle da proliferação das células câncerígenas. Os resultados também revelam que esse fungo ativa o metabolismo, revitalizando tecidos biológicos normais.

 

 “O Agaricus não é um milagre, é apenas um complemento alimentar que reforça o sistema imunológico melhorando as defesas do organismo para lutar contra as doenças, portanto o tratamento convencional não deve ser abandonado”

 

Como na homeopatia, o uso do cogumelo necessita de paciência, regularidade e continuidade, pelo menos por um período de 3 a 6 meses. Este cogumelo é complemento alimentar que não dispensa o tratamento médico em hipótese alguma. Ele deve ser utilizado apenas como coadjuvante aos tratamentos normais.

Indicações

  • ANTI TUMORAL: pode atacar as células cancerosas que já surgiram e se desenvolveram;
  • ANTI CANCEROSO: impedindo o crescimento das células cancerosas, além de bloquear sua disseminação por outras partes do organismo;
  • SISTEMA CIRCULATÓRIO: hipertensão, hipotensão, doenças cardíacas (angina, infrator do miocárdio), pneumonia grave, septicemia, leucemia e linfoma malígno;
  • SISTEMA DIGESTIVO: úlceras, gastrite, cirrose hepática tipo B, hemorroidas e prisão de ventre;
  • OUTRAS INDICAÇÕES: Rinite alérgica, bronquite, asma, sinusite, artrite, impotência, bursite, osteoporose, baixa resistência, pressão arterial, colesterol, redução de açúcar no sangue, arteriosclerose, cálculos renais e próstata.

 

Contra-indicações

Pessoas em estado de pré ou pós-transplante que necessitam manter imunidade orgânica baixa.

 

Preparo do Chá

Colocar em um recipiente de 1 litro de água e levar ao fogo até ferver. Esperar baixar a temperatura até 60˚ e colocar a quantidade de 10 a 40 gramas de cogumelos. Deixar repousar por 2 horas. Não utilizar recipientes de ferro, alumínio, T-fal ou plástico. Os recipientes de vidro, ágata ou esmaltados são os mais adequados para o preparo do chá. Depois de preparado, colocar numa garrafa térmica ou na geladeira por até 2 dias. Após a infusão adicionar de 5 a 9 gotas de limão wue evitará a formação de fenos e a degradação do chá. Após o preparo do chá, retire os cogumelos, esprema e guarde-os no freezer. Adicionar no preparo de refolhados, saladas, recheios ou molhos. O chá deve ser ingerido antes das refeições e antes de dormir, ou 6 cápsulas ao dia.

 

Caso tenha mais dúvidas e queira mais informações.

 

Espaço Cheng – Medicina Chinesa e Acupuntura

Fone: (14) 3227-2039 / 3226-2119
Rua Aviador Ribeiro de Barros, 6-17 – Jd. Europa
Bauru/SP

atendimento@espacocheng.com.br

*Código 4300165 vegetais (dessecados e ou liofilizados) dispensado de registro CFE. RES.22, de 15/03/2000 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Vegetal desidratado em cápsulas dispensado da obrigatoriedade de registro junto a Anvisa conforme resolução n˚ 23 de 15/03/2000, Anexo1 – Código: 4300164.